Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020

Amores (2011)

 

 

Do recanto que ocupo,

a vista alarga-se abrangente,

e ao longe, bem para a frente, distingo,

por estes pingos de chuva que teimam em cair,

a estrutura imensa que o homem sonhou,

a agora eleva-se impante sobre as águas,

sobre o rio que lhe serve de leito.

Ao longe é uma pérola,

brilhante sobre estas águas,

ao perto, um prodígio da engenharia,

e à noite, que maravilha,

quando se acendem as suas centenas de luzinhas,

tremelicando sob as estrelas, concorrendo com elas,

sob o plácido olhar do Cristo Rei,

desperta em nós os efeitos

dos prazeres e dos amores.


publicado por canetadapoesia às 22:26
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Eu. a 28 de Janeiro de 2020 às 23:04
Para ler e reler, muito obrigada por esta partilha!


De canetadapoesia a 28 de Janeiro de 2020 às 23:57
Obrigado.


Comentar post

Mais sobre mim


Ver perfil

Seguir perfil

. 17 seguidores

Pesquisar

 

Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14

20
21
22

23
24
25
26
27
28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

As nuvens (2012)

Da janela do meu quarto (...

Mandela o grande

Cores do mundo (2012)

Prazeres da vida (2012)

Salpicos (2012)

De cima de uma rocha (201...

Pitangueira

Insónia (2012)

Sedução (2012)

Arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Links

SAPO Blogs

subscrever feeds